O Direito do Professor Ensinar!


Começo este post com uma frase atribuída a Nietzsche: "Para que o homem possa voar, primeira precisa aprender a andar", ou seja, nós só vamos evoluir como espécie quando percebemos que o conhecimento liberta da ignorância, da miséria e da pobreza intelectual. Esse processo de libertação passa pela escola.


Lá é o laboratório de vida, lá você pode errar, lá você terá outra chance e terá a maior lição que alguém possa lhe ensinar. Lição essa, de se "adaptar", adaptar-se as rotinas da escola, aos relacionamentos coletivos ( trabalhar em grupo), aos horários, aos professores e as exigências dos mesmos. Privar alguém desta lição, é um ato de condenação, é criar uma pessoa insegura, uma pessoa dependente dos seus tutores legais.


Acreditamos que é um ato contra o desenvolvimento pessoal de um aluno(a). A vida fora da escola é bem diferente do que imaginamos, você não terá outra chance, terá que começar tudo de novo se errar, e muitas vezes não poderá começar! Será privado deste direito.


Então, é necessário valorizar e respeitar o Professor, sua criatividade, seu conhecimento, suas convicções e a sua formação. Se seu filho(a) superar essa fase, ele(a) terá superado um fase muito importante, e com toda certeza terá condições de superar outros desafios que a vida lhe propor!


Afinal, a vida é composta de superações e desafios. Mas, infelizmente muitos não tem esse mesmo prisma, muitos não percebem o bem que um Professor pode fazer na vida de um aluno(a) mesmo que esse Professor, seja o mais cruel, o mais legal ou aquele que você detesta. Ele será o que lhe motivou, será o que lhe apresentou um olhar diferente do mundo e das coisas. Será alguém que vai lhe ensinar a sonhar, sorrir, odiar, resistir, pensar, refletir, mas não será com certeza, o que vai desejar o seu fracasso pessoal ou profissional.


Se suas ideias, sua religião, sua cultura e valores são diferentes do seu Professor, fique tranquilo são apenas ideias! No mundo fora da escola, nada será como você quer, nunca será igual ao seu mundinho, você será testado(a) não seus pais! Poucos pensarão como você. Então, se adapte as circunstâncias a vida, a sua escola e aos seus Professores.


Que as diferenças fiquem apenas no campo das ideias! Se você seguir essas dicas, você terá boas lembranças de seus amigos, de seus Professores, dos Funcionários e do lanche da escola, e terá aprendido a lição da vida! Mas preciso lhe informar, que os Professores além de serem importantes eles tem direitos! Essa lei que quer censurar os Educadores, não passar de um grande ataque a educação e não aos Professores. Lei que quer evitar que você pense, reflita e tenha conhecimento para fazer a leitura do mundo em que você vive.


O jurista Lenio Streck" apresenta a mais primordial defesa, que um Professor possa ter em tempos de censura acadêmica que estamos passando. A intolerância de grupos fundamentalistas religiosos no meio da Escola, que quer fazer de nós Professores refréns da ignorância, do medo e do absurdo.


O jurista nos apresenta a seguinte defesa: "O artigo 5º da Constituição Federal garante a liberdade de expressão, enquanto o artigo 206 garante a liberdade de ensino. Assim, vedar, previamente, que Professores falem sobre algo que “possa estar em conflito” com a convicção alheia contraria a Constituição".


Nesta linha APP Sindicato, lança uma campanha "Você pode ajudar a derrubar a lei da mordaça".Todos os membros da comunidade escolar não podem ficar omissos diante do desrespeito e petulância de qualquer um que interpele o direito de um Professor ensinar e levar o aluno(a) a reflexão e o conhecimento. Então, por favor participe deste processo, votando "não"! Link para votar "Não".


Arte: APP Sindicato.

Mídia Alternativa independente sem fins lucrativos e sem recursos financeiros - Terras Altas dos  Apukás - Apucarana - Paraná - Brasil

RSS Feed
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2016 / 2020 - Todos os direitos reservados  -  "OS ARGONAUTAS"