Muito obrigado meus Alunos do Terceirão 2016.

December 8, 2016

 

 Queridas e queridos alunos, como Professor de Filosofia desejo dar a última aula com uma breve passagem pela história de filosofia e dizer que temos muito a aprender com os Filósofos.

 

 Uso as palavras de  Sócrates “Conhece a ti mesmo, ame a você mesmo e seja feliz.

 

Pratiquem a simplicidade de Diogenes e busque o respeito ao próximo,

 

Sejam solidários e pratiquem a bondade sugerida por Platão,

 

Amem a justiça e sejam justos como Aristóteles,

 

Pratiquem o bem, aí não surgirá o mal, que é a privação do bem, ou seja quando deixamos de fazer o bem surge o mal como nos apresentava Santo Agostinho,

 

Busquem Deus e provem com vossas vidas a existência  do nosso Criador como sugeriu Santo Tomas de Aquino,

 

Não acreditem nos políticos, pois na sua grande maioria são corruptos e gananciosos como dizia Nicolau de Maquiavel,

 

Não esqueçam,  a única certeza que temos é a nosso dúvida Renê Descartes.

 

Busquem a verdade e ame a mesma como fizeram os filósofos moderno principalmente Immanuel Kant.

 

Sejam amantes da liberdade como Rousseau e Voltaire e uso as palavras atribuídas a ele : “Posso não concordar com nenhuma das palavras que vocês disserem, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.”

 

Use em vossas vidas a bela expressão de amor de Blaiser Pascal “ O coração tem razões que a própria razão desconhece.” Neste sentido sejam céticos  e não acreditem em tudo o que dizem, mas acreditem nas palavras e nas ações que vem do coração.

 

Vejam a beleza em tudo, como via Walter Benjamim,

 

Sonhem como sonhou Freud, em sejam dotados de desejos pela vida.

 

Sonhem como sonhou Friedrich Nietzsche ao dizer "Nada lhe pertence mais que seus sonhos."

 

Cuidado com a loucura, sejam loucos, mas não insanos e andem com os loucos pois eles são mais felizes. Erasmo de Rotterdam,

 

Cuidado com os oportunistas, pois aquele que sobe se arrastando nos outros cai na indecência do gesto William Shakespeare.

E por último gostaria de concluir com as belas palavras do Aposto Paulo,  

 

“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

 

E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

 

E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

 

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

 

Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

 

Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

 

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

 

Queridos essa é a essência dos Educadores.

 

Obrigado pelo privilégio que me concederam em ser o vosso  Professor de Filosofia.

 

Amem a vida e  as pessoas, pois no fundo, bem lá no fundo é o que mais importa!

 

Muito obrigado e que a vida seja muito generosa com todos.

 

Prof. Daniel Mota

 

 

 

Tags:

Please reload