Amor e Seu Tempo.

December 30, 2016

 

Hoje  meu amor, estamos fazendo 24 anos de casados um tempo bom, de aprendizado, de conflitos, de amor, de serenidade, de conquistas, de paz, de alegria, de angustia, de mudanças, de coragem e muita felicidade. Alguém até pode dizer que tais afirmações são paradoxais, porém os paradoxos fazem parte da vida de todo casal, em síntese, a vida é feita de paradoxos.

 

A vida não teria graça dividi-la com alguém igual a você mesmo, não tem sentido uma casa em silêncio onde não exista personalidades contrárias, a vida não tem razão se não houver doação e se você não abrir mão de coisas por alguém que você ama.

 

Nestes tempos juntos, aprendi que é melhor ter paz do que ter razão, que amar é ficar em silêncio para não magoar,  amar é compreender as dificuldades como uma prova da vida que nós temos que passar.

 

Amar não simples e tão pouco fácil, pelo contrário é complexo e é muito difícil. É necessário  superar a nós mesmos, temos que deixar de ser egoístas, arrogantes, preguiçosos e principalmente temos que aprender a compartilhar.

 

Amar requer sutileza, simplicidade, doação e paixão.

 

Amar é um verbo difícil de ser conjugado pela vida, mas é muito fácil quando estamos dispostos a viver em uma felicidade.

 

Não é fácil dividir quando o outro não quer, não é fácil fazer algo quando não se deseja, mas é muito mais triste a solidão, uma casa sem amor, uma família sem sonhos, um lar onde o dinheiro é mais importante que seus membros.

 

É angustiante um dia difícil, mas é divino e confortante ao chega em a casa e você ter alguém que ama você, e esse alguém lhe abraça e sussurra em seu ouvido  dizendo “ vai dar tudo certo meu amor”.

 

É magnifico você ligar no final do dia, e do outro lado da linha você escutar: “amor venha logo, estamos te esperando”.

 

É sublime compartilhar uma refeição com alguém que se dispõe a viver ao seu lado, exigindo apenas, respeito, simplicidade, honestidade e amor.

 

É mágico o que um abraço faz quando a pessoa que você ama não está bem de saúde, é uma verdadeira expressão de cura é um ato divino de cura.

 

É uma prova de amor no mundo de hoje, uma pessoa pegar o seu salário, suado ganho com muitas dificuldades fazer doação para que seu companheiro pague dividas da universidade, não podemos esquecer que é um ato de amor a expressão: “ meu amor, essa fase vai passar”.

 

É divino quando sua companheira ensinar ao seu filho que amar o pai com intensidade e admiração, não tenho dúvidas, que o amor e a admiração de um filho por um pai, passa pelos ensinamentos de sua mãe.

 

Na vida de um casal sempre haverá dificuldades, por isso que estamos juntos, para superar as barreiras impostas pela vida e pelas circunstâncias e nos amar muito mais apesar das dificuldades. 

 

Meu amor, obrigado por me escolher para compartilha sua vida, obrigado por seu amor, por sua dedicação e sua presença divina em nossa vida.

 

O poeta  Drummond já dizia: "Amor e Seu Tempo"

 

Amor é privilégio de maduros
estendidos na mais estreita cama,
que se torna a mais larga e mais relvosa,
roçando, em cada poro, o céu do corpo.

 

É isto, amor: o ganho não previsto,
o prêmio subterrâneo e coruscante,
leitura de relâmpago cifrado,
que, decifrado, nada mais existe

valendo a pena e o preço do terrestre,
salvo o minuto de ouro no relógio
minúsculo, vibrando no crepúsculo.

 

Amor é o que se aprende no limite,
depois de se arquivar toda a ciência
herdada, ouvida. Amor começa tarde.

 

Te amo minha adorada esposa e tenha um Feliz Aniversário de Casamento.

 

De seu eterno apaixonado,

 

Daniel Mota.

 

Professor Daniel Mota, possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná- UFPR. Especializado em Ética pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC/PR, pós-graduando na UNESPAR Campus Apucarana, em Gestão de Empresas, e é funcionário da Secretária de Educação do Estado do Paraná.

 

Please reload