Os Sábios Apukás.

May 1, 2017

 A educação é algo muito importante para uma comunidade, não é diferente para os Apukás, alguns nativos levam muito a sério. Esse tema é tão levando a sério para alguns, que eles reservaram um dia especial para comemorar o dia do “Rosseforp”, uma espécie de mestre do conhecimento, uma pessoa especial, um sábio para uma grande parte dos nativos.

 

O Rosseforp, faz parte de uma hierarquia do sistema de educação destes nativos, tal hierarquia é muito estranha, ela parte dos mais fortes para os mais frágeis socialmente.

 

A hierarquia é a seguinte: Oelcun od Efehc semideus, os Oelcun od Soiranoicnuf que são guerreiros auxiliares do Oelcun, Roterid o guardião,  Airaterces a escriba,  a Agogadep semideusa do conhecimento, os Sovitartsinimda Setnega são guerreiros auxiliares,  Rosseforp é o sábio,  e os mais frágeis desta estrutura o Etnadutse que é formado por curumins e pequenos aprendizes de guerreiros.

 

Os mais importantes desta hierarquia segue a seguinte ordem: o Oelcun od Efehc um semideus, que não representa a comunidade dos guerreiros do conhecimento, mas outras divindades que não tem nada com a sabedoria, os Oelcun od Soiranoicnuf que são guerreiros auxiliares, formado por homens e mulheres com um conhecimento especial, são sábios que se dedicam aos estudos e a organização do conhecimento para toda a tribo,  o “Roterid” é o guardião dos curumins, esse guerreiro geralmente é escolhido pela tribo para cuidar e proteger a Alocse um local sagrado de estudos que ajuda na formação dos  Apukás mais jovens.

 

A escolha do Roterid, acontece a cada 52 luas cheias, toda comunidade se reuni em uma celebração e ele, será escolhido entre todos os membros da Alocse, baseado na sabedoria, força, equilíbrio emocional e com uma grande capacidade de aglutinar os interesses da tribo, dos curumins, dos Sovitartsinimda Setnega, dos Agogadep e dos Rosseforp.

 

O Roterid representa todas as forças de conhecimento na Alocse, então, ele deve cuidar bem da sua alma, pois muitos após serem escolhidos, são possuídos de espirito maus, esquecem por que foram escolhidos, se transformam em pessoas diferentes, dizem que alguns ficam sem alma e perdem a humanidade, bem como a dignidade como guerreiro, se transformam em pessoas vaidosas que querem mandar, e não servir, querem punir e não ajudar.

 

Airaterces é uma espécie de escriba que cuida das leis que regem a Alocse,  a Airaterces tem guerreiros escribas auxiliares que chamamos de “Sovitartsinimda Setnega” eles tem a incumbência fiscalizar e ajudar todos os Serosseforp, ajudar os Etnadutses e todas que transitam na Alocse, bem como ajudar nos rituais do conhecimento, eles cuidam dos textos sagrados, das refeições e da administração das dadivas recebidas na Alocse.

 

Agogadeps, são semideusas que já nascem com habilidade especiais, são criaturas divinas, possuidoras de todo o conhecimento e toda a sabedoria, possuem conhecimento especial e a grande maioria nunca ensinou aos curumins, seus saberes são teóricos, com ampla ausência de pratica na tribo, são inteligentes e com habilidades de deusas.

 

Algumas, não falam, não interagem, não compartilham suas ideias na Alocse, limitam-se somente as ideias sagradas de seus textos, algumas somente cumprem ordens e as impões aos silvícolas mortais, poucas expressam sentimentos com seus pares na Alocse.

 

Não posso ser injusto com todas, há uma pequena parte delas, que estão preocupadas com os Apukás mais simples, mediam conflitos entre os Etnadutses e outros Etnadutses, bem como com os Serosseforp, fazem alguns trabalhos de médicos  feiticeiros na Alocse. São seres estranhos que em algumas das vezes tem mais poder que o Roterid, o guardião da Alocse.

 

Quando querem ser bondosas, são seres magníficos, neste caso trazem à tona toda sua condição divina para o ambiente da Alocse, torna-se seres de ajuda, de acolhimento, de sabedoria, mas cuidado,  tenha cautela e  não se engane, pois elas são capazes de tudo  para colocar seus textos sagrados em prática na Alocse, muitas vezes seus textos são mais importantes que a opinião de um sábio, neste caso a opinião do Rosseforp. 

 

Sovitartsinimda Setnega, são guerreiros auxiliares muito bons, são simples, habilidosos, conseguem ver tudo e escutar tudo em qualquer ambiente que estão presente, são fortes e tem capacidade de ficar invisível em algumas circunstâncias. Geralmente isso acontece quando alguns ficam na presença ou passam perto dos Rosseforps, Agogadeps, Etnadutses e até dos Roterids que não conseguem vê-los e tão poucos os saúdam.

 

Os Sovitartsinimda Setnega são silvícolas fantásticos e é eles que fazem com que a Alocse esteja sempre em condições de frutificar o conhecimento e a sabedoria.

 

O Rosseforp, é um ser enigmático, um guerreiro ímpar dotado de conhecimento especial, tem todas as características de um semideus, mas não é, pois, se chegar a esse status, fará uma revolução entre os nativos no tocante a ordem social, valorizando as pessoas e sobre o próprio destino da comunidade dos Apukás, tem como premissas a valorização do coletivo, do compartilhar e do lutar, são guerreiros simples que não valorizam as dádivas, mas a humanidade nos silvícolas.

 

Outro aspecto interessante na educação dos Apukás vinculado ao Rosseforp é que ele ensina os curumins a  serem e não terem, contrariando as ideias de algumas divindades Apukás.

 

O Rosseforp, possui habilidades especiais como: audição de morcego, visão de um falcão, sensibilidade de um beija-flor, forte como uma onça e uma pontaria certeira de uma zarabatana.  

 

A relação deste sábio com a comunidade está se desgastando aos poucos, pois alguns silvícolas, não estão vendo como sábios e nem guerreiros necessários nos dias de hoje. Pois o conhecimento que estão transmitindo está levando alguns silvícolas a questionarem as divindades, as autoridades com relação as condutas dos mesmos.

 

Certa vez, um Ziuj com o nome Arieuqis Rezeile,  membros da Açitsuj uma  casta social que é formada por homens e mulheres considerados sagrados, proferiu que: “ninguém nega o valor da sabedoria, e que um bom Rosseforp é imprescindível para os Apukás. Mas, ainda que desejem bons Serosseforp para seus filhos, poucos guerreiros desejam que seus filhos sejam Serosseforp. Isso nos mostra o reconhecimento que o trabalho de ensinar é duro, difícil e necessário, mas que permitimos que esses guerreiros continuem sendo desvalorizados em nossa tribo.

 

Apesar de receberem poucas dadivas pelo seu trabalho, com baixo prestígio social e responsabilizados pelo fracasso dos curumins não se tornarem sábios ou bons guerreiros, a grande parte resiste e continua apaixonada pelo seu trabalho.

 

Aos Serosseforp, fica o convite para que não descuidem de sua missão de ensinar, nem desanimem diante dos desafios, nem deixem de ensinar aos nossos curumins para serem "águias" e não apenas "galinhas". Pois, se a sabedoria sozinha não transforma os Apukás, sem ela, tampouco, os Apukás não mudam.”  (Erierf Oluap)”¹.

 

O Ziuj conclui:“o Rosseforp é um guerreiro vocacionado a tirar outros guerreiros das trevas da ignorância, da escuridão, para as luzes do conhecimento, dignificando-o como guerreiro que pensa, existe e luta.”

 

E por último, o mais frágil desta hierarquia, o Etnadutse que são  curumins e jovens guerreiros da tribo dos Apukás, são geniais, encantadores e desafiadores.

 

A grande maioria dos Apukás subestimam os Etnadutses, somente os Serosseforp tem habilidade de se relacionarem com tais criaturas, eles são motivamos por sonhos, respeito, simplicidade e compaixão, são jovens que inspiram todos a lutarem e a repartirem.

 

Leinad Atom.

 

Texto inspirado na obra de Horace Miner In: A.K. Rooney e P.L. de Vore (orgs) You and the others: Readings in Introductory Anthropology (Cambridge, Erlich) 1976, “Ritos corporais entre os Nacirema”.

 

1.Texto parafraseado da sentença de 29 de maio de 2014, do Juiz de Direito a Excelência o Dr. Eliezer Siqueira de Sousa Junior, no processo n° 201385001520  contra o Professor e Mestre Odilon Alves Oliveira Neto” por parte do aluno  Thiago Anderson Souza, representado por sua genitora Silenilma Eunide Reis.

 

2.Serosseforp é o coletivo de Rosseforp.

Please reload