Noam Chomsky, a verdade da imprensa tem um preço

July 19, 2017

Um dos filósofos contemporâneos  mais influente no século XX é  Avram Noam Chomsky, um linguista, filósofo  e ativista político americano, respeitado no mundo acadêmico como "o  mais importante linguista moderna", não podemos esquecer que ele é representante  da filosofia analítica.

 

Noam Chomsky que é professor de Linguística no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, contribuiu de forma significativa para uma leitura da realidade e dos meios de comunicações, bem como a influência e o poder que a mídia exerce sobre as pessoas.

 

Noam Chomsky é também conhecido pelas suas posições políticas de esquerda e pela sua crítica da política externa dos Estados Unidos, descreve-se como um socialista libertário.

 

Identifica-se com aquilo que é modernamente compreendido como "anarcossindicalismo", havendo também quem o associe ao anarcocomunismo ou ao comunismo de conselhos.

 

Em suas criticas mais importantes e devastadoras, estão relacionadas  a ideia de manipulação da mídia nas relações de poder, Chomsky analisa como a mídia trabalha para controlar o grande público moldando as informações através dos grandes veículos de comunicação.  Segundo ele, “os mesmos que arrancaram os olhos das pessoas são aqueles que reclamam da cegueira”, essa referência  é associada a uma critica acida ao jornal americano NY Times, atribuindo uma postura criminosa ao jornal americano, o adjetivando como “é um bajulador do imperador”.

 

Seguindo o prisma de Noam Chomsky, acreditamos que os jornais brasileiros vinculados a grande mídia, também exercem um tipo de bajulação ao imperador na conjuntura politica atual, induzindo as pessoas a acreditarem em falacias e tornando-as  em verdadeiros juízes políticos e algozes dos  que pensam diferentes da grande maioria.

 

A impressa brasileira, segundo alguns analistas chomskynianos  são propagadores de fakenews contra adversários políticos, pois fazem parte da ideologia dominante conservadores e entreguistas de nossa soberania.

 

Os analistas chomskynianos, relatam que a grande imprensa  e sua verdade tem um preço, e sugere que, para se informar melhor e sem filtros ideológicos é necessário pesquisar as fontes das informações bem como, acompanhar  os canais  de informações direto dos atore sociais e políticos através de suas páginas pessoais na rede.

 

E sabendo que a imprensa brasileira não é lá muito confiável, a cobertura internacional merece ser observada com mais atenção, se tratando das questões politicas em terras tupiniquins, pois ela aponta o modo como o Brasil tem sido visto no cenário internacional.

 

A nossa imprensa, não é imparcial, tem lado e ideologia, ela  muitas vezes exercer a indução para expor suas crenças e seus preconceitos bem como a quem representa de fato.  

 

 

 Confesso, que meus canais de informações são variados, em se tratado de informações politicas e econômicas, para atender essa necessidade, em nosso site "Os Argonautas" temos uma página chamado "Leitura Diária",  no qual, tem vários links dos jornais, sites, revistas e blogs interessantes com suas visões diferentes e alternativas  para nos informar de forma variada e singular.

 

Então, navegadores de nossa nau, sugiro que façam uma breve viagem ao mundo  da informação em nosso site para entender o que realmente está acontecendo na politica brasileira, sem alguns vícios e falacias da imprensa que nos assola, neste momento de superação e evolução politica  brasileira.

 

Acesse nossa página "Leitura Diária" para variar sua leitura.

 

Please reload