29 de Abril de 2015, o dia em que a tirania mostrou sua face!

April 29, 2018

 

No dia 29 de Abril de 2015, fui testemunha da violência praticada a nós Professores do Paraná pelo então governador da época Beto Richa (PSDB), para lembrar esse dia triste, reuni algumas imagens do meu acervo particular, que expressam a violência para com as vitimas do algoz da Educação do Paraná, Beto Richa (PSDB) e seus aliados.

 

O post possui fotos do momento exato quando as forças do Estado sobrevieram sobre a parte mais frágil de sua estrutura, os Professores. Minha intenção no dia era registrar a onde pode chegar a insanidade de um administrador público contra seus cidadãos.

 

Infelizmente consegui fazer tal feito, as imagens captadas mostram sem filtros as expressões mais tristes que presenciei ao longo de minha vida.

 

Captei semblantes com dores, com angustias, com medo, com raiva, em desesperos e outros sentimentos que são oriundos das atrocidades e injustiças cometidas por Beto Richa (PSDB) e seus aliados políticos.

 

Neste dia experimentei alguns sentimentos que me fortaleceram como pai, esposo, filho, tio, amigo e professor.

 

Sentir a dor de um tio ao ver seus sobrinhos sofrendo violência, e diante desta tragédia, chorei!

 

Sentir a dor de um injustiçado diante da justiça, e me indignei!

 

Sentir a dor de um esposo diante da violência contra sua esposa, e não consegui fazer nada!

 

Sentir a dor de um filho vendo seu pai sofrendo violência, não obtive forças para reagir, angustiei-me!

 

Sentir a dor de uma família diante da violência contra um de seus membros, captei a imagem com os olhos cheios de lágrimas e indignação, mas não consegui fazer nada, eles eram mais fortes.

 

Testemunhei a covardia de homens armados, contra Professores com as mãos limpas e para o alto indicando que não possuíam nada que os ameaçassem, mas, assim mesmo, atiraram com toda fúria, ódio e covardia.

 

Ouvi gritos, choros e explosões advindos dos covardes contra os Mestres que educam os filhos dos paranaenses, fiquei paralisado com tanta violência, gritei, mas o barulho sufocou meu grito!

 

Inalei gás, meus olhos arderam e choraram diante da violência contra meus amigos de jornada acadêmica e profissão, porém a dor de minha alma foi maior, então apontei minha lente para os algozes, pois essa é a minha arma!

 

Não bastasse a covardia do 29 de abril, vieram as perseguições, as calunias, o descumprimentos dos acordos diante da justiça. Ocorreram mais ataques de forma jurídica, midiática e emocional.

 

As formas de violência foram feitas por verdadeiros capitães do mato de Beto Richa (PSDB), a associação a figura do capitão do mato é inevitável, os subordinados do Richa (PSDB) demonstram a sua  sordidez se sujeitando ao algoz da educação, são sujeitos desprezíveis,  são seres  repugnantes que precisam de políticas públicas para terem dignidade, porém, suas posturas estão voltadas em favor dos interesses patrimoniais dos seus senhores e, todos os dias, trocam a dignidade humana por migalhas de seus senhores.

 

Os capitães do mato do Beto Richa (PSDB), são homens e mulheres livres dotados de pouca inteligência, gananciosos e mesquinhos que possuem pensamentos de escravos libertos que se prontificam a participar da repressão institucionalizada contra os mais fracos. São porta vozes de recados institucionais opressores, agentes sociais ambivalentes cuja presença é notada, suportada ou utilizada pelas autoridades conforme a configuração dos interesses, dos poderes ou das necessidades de seus senhores e algozes.

 

Os capitães do mato, tem a doce ilusão de dignidade e respeito, mas, no fundo, são tolerados, suportados e bajulados por terem a prerrogativa do cargo, tal prerrogativa que os ilude de prestígio social, que com o tempo serão esquecidos e vão entrar no ostracismo social e histórico. 

 

Fazendo uma leitura mais ampla das fotos hoje, percebo que existe esperança e amor pela profissão de Professor, pois não soube que nenhuma das vitimas de Beto Richa (PSDB) deixou de ensinar com amor, deixou de amar a profissão, deixou de lutar por uma educação inclusiva e apaixonante para nossos jovens.

 

Acreditamos que a Educação é a única opção contra a tirania, contra a miséria, contra a violência, contra o autoritarismo, contra a ignorância, contra a injustiça, contra o medo, contra a pobreza  e a favor da vida.

 

Cremos que nossos dias serão vindouros, sem Beto Richa (PSDB), sem seus lacaios e capitães do mato que realizaram o mais triste e violento ataque contra os Professores do Paraná.

 

#RixaNuncaMais

#JamaisEsqueceremos

 

 

 

 

Please reload