Resumo do conteúdo de História 6º ano - Prova 2ª Trimestre 2018

August 13, 2018

 

 

 

GRANDES CIVILIZAÇÕES DA ANTIGUIDADE

 

ORIGEM DAS GRANDES  CIVILIZAÇÕES

  • Surgiram no período conhecido como  Antiguidade foram às grandes percussoras de culturas e patrimônio que hoje conhecemos.

  • Surgiram por volta de 4.000 anos a.C. e se desenvolveram às margens de rios importantes:

  • Rio Tigre - Iraque

  • Eufrates – Iraque

  • Nilo - Egito

  • Ganges - Índia

  • Huang He ou Rio Amarelo - China

CRESCENTE FÉRTIL

  • Crescente fértil é o nome dado a uma região do Oriente Médio,  habitada por diversos povos.

  • Seu nome deriva precisamente da forma de lua crescente.

O DESENVOLVIMENTO DA CIVILIZAÇÃO

  • A Civilização é a concretização histórica de um determinado nível de desenvolvimento sócio-cultural.

CARACTERÍSTICAS DAS CIVILIZAÇÕES

  • Formação do Estado,

  • Desenvolvimento do comércio

  • Divisão social do trabalho,

  • Contraste entre cidade e campo,

  • Diferenciação de classes sociais,

  • Classe dominantes

  • Classe dominados.

CIVILIZAÇÃO E ESTADO

  • Civilização é o conjunto de aspectos da vida intelectual, artística, moral e material de uma época de uma sociedade.

  • Estado é uma forma organizacional de natureza política, com poder soberano para governar um povo dentro de uma área territorial delimitada. 

ELEMENTOS DO ESTADO

  • Governo;

  • População dividida em classes;

  • Território geográfico.

FUNÇÃO BÁSICA

  • Amortecer os conflitos entre explorados e exploradores,

  • Evitando luta direta entre classes antagônicas.

CIVILIZAÇÃO MESOPOTÂMICA

CARACTERÍSTICAS GERAIS  DA MESOPOTÂMIA

  • A Mesopotâmia (terra entre rios).

  • Primeiras regiões onde se desenvolveu a passagem de uma sociedade sem classes para uma sociedade de classes.

BERÇO DA CIVILIZAÇÃO

A Mesopotâmia é considerada o berço da civilização. Esta região foi habitada por povos como:

  • Sumérios;

  • Acádios;

  • Babilônios;

  • Assírios;

Os povos da mesopotâmia viviam na região do Irã e do Iraque hoje.

ELEMENTOS BÁSICOS DA  ECONOMIA E DA SOCIEDADE

  • Não existia propriedade privada da terra;

  • Tudo pertencia ao rei;

  • Primeira forma de sociedade de classes;

  • Minoria que exercia poder ;

  • Classe Exploradora;

  • Classe Explorada;

ECONOMIA

  • A base da economia era a agricultura;

  • Dependia das cheias dos rios Tigres e Eufrates;

  • O sistema monetário era pouco desenvolvido;

  • Cevada e Metais utilizados como referência de valor;

SOCIEDADE

  • Na região predominavam as pessoas livres.

  • Os escravos eram de guerras e pertenciam à comunidade.

  • Eram utilizados nos trabalhos mais duros em minas ou construções.

RELIGIÃO

Cada povo cultuava com mais intensidade uma divindade eram politeístas e os deuses da religião mesopotâmica representavam os elementos da natureza (água, ar, Sol, terra, etc).

  • Os babilônios – Marduk  era o deus protetor da cidade;

  • Os assírios – Assur - era o deus guardião da cidade; 

  • Ishtar -  deusa a feminilidade, do amor, do sexo e fertilidade.

  • Enlil - deus do vento e das chuvas;

  •  Shamach - deus do Sol;

  •  Anu - |deus do Céu.

VIDA CULTURAL

  • Escrita cuneiforme;

  • Religião: politeísta;

  • Cada cidade tinha um deus protetor;

  • Não eram construídos túmulos luxuosos;

  • Artes: destaca-se a arquitetura zigurates;

  • Epopéia do Gilgamesh;

  • Desenvolvimento da matemática;

  • Desenvolvimento da astronomia;

  • Calendário lunar;

  • Previsão de eclipses.

OS POVOS DA MESOPOTÂMIA

SUMÉRIOS 3500 A 2550 A.C.

  • Cidades politicamente independentes;

  • Uruk;

  • Nippur;

  • Lagash;

  • Eridu;

  • Criação da escrita cuneiforme.

ACÁDIOS 2550 A 2150 A.C.

  • Sargão I - "soberano dos quatro cantos da terra“.

  • Dominaram os sumérios;

  • Unificaram as cidade;

  • Fundaram um império;

ANTIGOS BABILÔNIOS 2000 A 1650 A.C.

  • 1º Império Babilônico – Rei Hamurabi;

  • Capital Babel;

  • Código de Hamurabi;

  • Lei de Talião, “olho por olho, dente por dente;

  • 2º Império - Rei Nabucodonosor;

  • Jardins Suspensos;

  • Torre de Babel.  

CÓDIGO DE HAMURABI

  • Lei de talião (olho por olho, dente por dente);

  • falso testemunho;

  • roubo e receptação;

  • estupro;

  • família;

  • escravos;

  • ajuda de fugitivos.

ASSÍRIOS 883 a 612 a.C.

  • Povo de espírito guerreiro;

  • Rei Sargão II;

  • Rei Senaquerib;

  • Rei Assurbanipal;

DOMÍNIO DE ARMAS DE METAL

  • Lança;

  • Escudo;

  • Espada;

  • Carros de combate puxados a cavalo.

 

A CIVILIZAÇÃO EGÍPCIA

ANTIGO EGITO

  • O Antigo Egito foi uma civilização da

  • Antiguidade oriental do Nordeste da África.

LOCALIZAÇÃO EGITO

  • Nordeste da África

  • Margens do rio Nilo

CARACTERÍSTICAS DA GEOGRAFIA DO EGITO

  • Oásis (influência do Rio Nilo),

  • Clima árido,

  • Território é comprido.

CIVILIZAÇÃO EGÍPCIA

CARACTERÍSTICAS GEOGRÁFICAS DO EGITO

  • O Nilo fornece água e terra arável.

  • O trabalho humano soube tirar o máximo proveito das cheias do Nilo.

  • Construção de canais de irrigação,

  • Diques e de barragens.

 

ESTABILIDADE E ISOLAMENTO DO EGITO

  • Administração forte e centralizada.

  • Isolamento geográfico ou seja suas fronteiras com defesas naturais.

  • Civilização estável e contínua

ESTRUTURA POLÍTICA

  • Poder absoluto do faraó.

  • Império teocrático.

  • Complexa organização burocrática.

ETAPAS DA EVOLUÇÃO POLÍTICA

  •   Período Pré-Dinástico (4000 - 3200a.C.)

  • Período Dinástico (3200 – 525 a.C.)

  • Antigo Império (3200 – 2300 a.C.);

  • Médio Império (2000 – 1580 a.C.);

  • Novo Império (1580 – 525 a.C.);

PERÍODO PRÉ-DINÁSTICO (4000 – 3200 a.C.)

  • União entre Nomos ( Reinos) 3500 a.C.;

  • Alto Egito;

  • Baixo Egito;

  • Menés conquista do Baixo Império e faz a unificação em 3 200 a.C.;

  • Menés primeiro faraó;

PERÍODO PRÉ-DINÁSTICO (4000 - 3200A.C.)

  • Comunidades rudimentares e autônomas Nomos que se tornaram Reinos;

  • Crescimento dos Nomos (reinos)

  • Revolução Urbana

  • Superioridade tecnológica

  • Irrigação,

  • Diques

  • Hieróglifos,

  • Calendário solar com  12 meses de 30 dias + 5 dias;

O QUE É HIERÓGLIFO

  • Hieróglifo é um extinto modelo de escrita pictográfica, utilizado principalmente pela antiga sociedade egípcia.

O QUE É DINASTIA

  • A palavra dinastia tem origem no termo grego dynasteia, que significa poder, senhorio e comando.

  • É o período de sucessão de reis e rainhas, pertencentes a uma mesma família que permanecem no poder.

PERÍODO DINÁSTICO (3200 - 2300A.C.)

  • Faraó

  • Dono de todas as terras;

  • População deve servi-lo como deus vivo;

  • Antigo Império (3200 – 2300 a.C.);

  • Médio Império (2000 – 1580 a.C.);

  • Novo Império (1580 – 525 a.C.);

ANTIGO IMPÉRIO (3200 - 2300A.C.)

  • 1ª Capital - Timis (período temita);

  • 2ª Capital – Mênfis (período menfita) – Atual Cairo;

  • Construção das Pirâmides de Gizé;

  • Caráter religioso e pacífico

  AS TRÊS PIRÂMIDES DE GIZÉ

  • As três pirâmides de Gizé foram construídas  há, aproximadamente, 4500 anos. Serviram de tumbas para os faraós:

  • Quéops,

  • Quéfren

  • Miquerinos.

  • Localizam-se na cidade de Gizé, próxima ao Cairo capital do Egito.

MÉDIO IMPÉRIO (2000 – 1580A.C.)

  • Invasões estrangeiras (hicsos) – 1800a.C.

  • Domínio hicso por mais de 200 anos;

  • Despertar de sentimento nacionalista

  • Expulsão dos hicsos em 1580a.C.;

NOVO IMPÉRIO (1580 - 525A.C.)

  • Apogeu;

  • Ampliação das fronteiras;

  • Escravização dos hebreus;

  • Mais importantes faraós;

  • Tutmés III;

  • Amenófis IV;

  • Tutenkhamon;

NOVO IMPÉRIO (1580 - 525A.C.)

  • Ramsés II – grandes conquistas militares;

  • Invasão e conquista pelos Assírios de Assurbanípal (662 a.C.);

  • Restabelecimento da Independência (período saíta);

  • Intensificação do comércio;

  • Lutas internas;

  • Invasões estrangeiras;

  • Domínio Persa em 525a.C.;

  • Restabelecimento da autonomia política no séc XX;

ECONOMIA E SOCIEDADE

  • Economia baseada na agricultura

  • Trigo;

  • Cevada;

  • Algodão;

  • Papiro;

  • Linho;

  • Atividades de pesca;

  • Criação de animais.

ECONOMIA EGÍPCIA

  • Centralização da organização econômica nas mãos do Estado;

  • Supremacia do faraó;

  • Estocagem dos excedentes agrícolas pela burocracia governamental;

SOCIEDADE EGÍPCIA PIRÂMIDE SOCIAL

  • Faraó,

  • Aristocracia composta pela elite

  • Sacerdotes,

  • Trabalhadora e camponeses,

  • Escravos.

 

RELIGIÃO E CIÊNCIAS

  • Politeístas (antropozoomórficos);

  • Cheia sucede a vazante – vida sucede a morte:

  • Preservação do corpo;

  • Alma retorna ao corpo;

  • Técnica de mumificação – controlada pelos sacerdotes;

  • Conhecimento do corpo – avanços na medicina;

  • Desenvolvimento de astrologia;

  • Engenharias avançadas;

PRINCIPAIS DEUSES DO EGITO

  • Rá -  O deus responsável pela criação do mundo e representa o Sol.

  • Set - O deus do caos, da escuridão e das guerras.

  • Ísis – A deusa protetora e piedosa dos egípcios

  • Osíris - O deus supremo e o juiz do mundo dos mortos.

  • Nephthys – A deusa do culto dos mortos

  • Hórus – O deus o protetor dos faraós e das famílias.

  • Hathor – A deusa guardiã das mulheres e das especialmente das grávidas;

  • Anúbis -  O deus que faz passagem das almas para o mundo dos mortos.

  • Bastet – É a deusa da sexualidade, da fertilidade e do parto.

  • Sekhmeth – A deusa que refletia o aspecto destrutivo do Sol.

  • Thoth – É o deus da Lua, da sabedoria e da cura.

ANTIGUIDADE ORIENTAL FENÍCIOS, HEBREUS E PERSAS

CARACTERÍSTICAS GEOGRÁFICAS DA FENÍCIA

  • Localização: estreita faixa de terra entre o Mar Mediterrâneo e as montanhas do Líbano.

  • Destino marítimo: o solo montanhoso e desfavorável à agricultura levou os fenícios a se lançar ao mar e a desenvolver o comércio.

CIVILIZAÇÃO FENÍCIA

  • Os Fenícios fazem parte de uma das mais importantes civilizações da Antiguidade.

  • Viviam no Norte da Palestina, entre o Mar Mediterrâneo e o território que hoje corresponde ao Líbano, Síria e Israel.

  • Os Fenícios são conhecidos como o povo do mar, foram grandes mercadores marítimos e contribuíram para o desenvolvimento da Astronomia.

VIDA ECONÔMICA

  • Os Fenícios dedicavam-se ao artesanato chegando a inventar o vidro transparente.

  • Na agricultura, cultivavam olivas e vinhas, e se dedicaram especialmente à pesca e ao comércio marítimo.

  • Exímios  artesão confeccionavam armas de bronze e de ferro, joias, estátuas e outros artesanatos.

ESTRUTURA SOCIAL E POLÍTICA

  • Conjunto de cidades-estados independentes, governadas por reis.

  • Principais cidades: Biblos, Sidon, Tiro e a colônia  Cartago.

  • Posição social: a condição econômica determinava o papel do indivíduo na sociedade.

  • Classe dominante: comerciantes marítimos, donos de oficinas de artesanato, negociantes de escravos, empresários, sacerdotes e funcionários do Estado.

  • Classe dominada: trabalhadores livres e escravos.

VIDA CULTURAL DOS FENICIOS

  • Criação do alfabeto: é a grande contribuição cultural legada pelos fenícios. Sua invenção estava ligada à necessidade de se encontrar um meio prático para as comunicações comerciais.

  • Comércio: ergueram portos e viajavam longas distâncias realizando trocas de mercadorias como madeira de cedro, o vidro, o marfim e corantes e foram  especialistas no comércio marítimo.

VIDA CULTURAL

  • Religião: politeísta, marcada pelo aspecto trágico e sangrento.

  • Ciência e arte: grandes inovações científicas e desenvolveram a engenharia náutica e astronomia.

  • Agricultura: cultivavam olivas e vinhas, e se dedicaram especialmente à pesca.

RELIGIÃO DOS FENÍCIOS

A religião da Fenícia era o Politeísmo onde praticavam rituais de sacrifício de animais.

Cultuavam três deuses, que são conhecidos por nomes diferentes:

  • El - era o deus máximo – aquele que havia criado o mundo.

  • Asherah - esposa de El – deusa-mãe, do mar, dos rebanhos e das colheitas.

  • Baal - filho de El e Astarte – era o deus das tempestades e montanhas, encarregado da fertilidade.

CIVILIZAÇÃO HEBRAICA

  • Os hebreus são conhecidos como israelitas ou judeus.

  • Antepassados do povo judeu, os hebreus têm uma historia marcada por migrações e pelo monoteísmo.

  • A história dos hebreus baseiam-se na interpretação de textos do Antigo Testamento, a primeira parte da Bíblia.

  • O Antigo testamento foi escrito com base na tradição oral dos hebreus.

ORIGEM DOS HEBREUS

  • Inicialmente vivia na Mesopotâmia, era um povo nômade e vivia em busca de solo favorável para a criação do seu gado.

  • Por volta de 2000 a.C. foram para a Palestina, atual Israel, por orientação de Abraão, em busca da Terra prometida – Canaã.

 

 

Please reload