Marcos Aurélio, o novo Secretário Geral do Partido Pirata do Brasil.


O Partido Pirata do Brasil tem um novo Secretário Geral, a eleição foi finalizada no dia 09 de dezembro de 2018 ás 22:00h, pelo horário de Brasília. O processo eleitoral que culminou com a escolha do novo Secretário Geral foi totalmente eletrônico envolvendo toda a comunidade pirata espalhada em todo o país.


A disputa pelo comando da nau pirata do Brasil foi tranquila e bem democrática, os candidatos ao posto de capitão (secretário Geral) apresentaram propostas e narrativas positivas em prol dos ideais piratas, bem como lançaram novos desafios para o futuro do partido no Brasil.


O novo Secretário Geral do Partido Pirata do Brasil é conhecido como Marcos Aurélio, é um jovem ativista de trinta e sete anos de idade, casado, engenheiro da computação formado pela Universidade de Pernambuco e está na nau Pirata desde 2009, antes mesmo da fundação oficial.



“Acreditamos que o Marcos Aurélio é um jovem talento que tem muito a contribuir para a política com seu ativismo digital”, afirmam os ativistas do Partido Pirata.


No último dia quatorze (14), na intranet do partido, lançou sua carta náutica e seu diário de bordo com uma visão pessoal e ideal para os próximos dois (02) anos do Partido Pirata do Brasil.


Segundo o novo Secretário Geral: "O objetivo final do Partido Pirata é "hackear" o sistema eleitoral e político, dentro da tradição de liderança Pirata, evitando o personalismo, inserindo dinamismo e formas de participação direta da população. Para viabilizar isso, um dos meus objetivos para a próxima gestão da Secretaria Geral é finalmente resolvermos a abertura da conta pessoa jurídica dos PIRATAS e a obtenção do registro eleitoral dos PIRATAS até o final de 2020”.


O jovem ativista acredita que os Piratas “não conseguirão experimentar novas formas de política enquanto houverem pendências jurídicas impedindo o acesso direto aos meios de gestão, sejam esses meios tradicionais como as urnas ou inovadores como a democracia líquida”.


Também ressalta que: “Além desses objetivos administrativos, precisamos voltar a ter protagonismo nas redes ocupando o devido espaço do debate de temas caros aos partidos: Direitos autorais, privacidade, transparência pública, o impacto econômico que a tecnologia está causando e onde esse aprofundamento vão nos levar, o transumanismo e suas implicações na sociedade, neurodiversidade e humanidade”.


E acrescenta que “em um cenário global de regressão de direitos humanos e civis, bem como queda de garantias referentes à políticas públicas laicas, estes temas não podem ser abordados isoladamente - como muitos espaços trabalham, por exemplo, o tema diversidade - mas com estratégias interseccionais.


Os PIRATAS tem a oportunidade de se posicionar como liderança nesses tópicos, para que possamos enriquecer culturalmente e politicamente a nossa sociedade órfã uma visão de futuro de médio e longo prazo”.


E finaliza em sua carta de navegação para o futuro que: “o último ponto de atenção da nova gestão é o debate econômico, que tem potencial para transpassar todos os temas discutidos - muito do que é propagandeado como medida eleitoral, política, social ou moral é, na verdade, elemento de um interesse econômico velado.


Os pontos centrais são o Pacto Federativo, no contexto descrito na tese aprovada na ANAPIRATA intitulada "O Fim do Pacto Imperial", o rentismo e a alta concentração bancária. É necessário aprofundar e divulgar o texto da tese, bem como estabelecer uma base similar para o combate ao rentismo e à fácil monopolização da atividade bancária”.


Os Argonautas desejam bons ventos ao novo Secretário Geral do Partido do Brasil e todo o sucesso em sua gestão.


__________________________________________________________________________________________________________

- Visão de atuação dos PIRATAS até o fim de 2020 - Marcos Aurélio

- Imagem: Marcos Aurélio - Arquivo pessoal

- Imagem: Bandeira Partido Pirata - Arquivo Partido Pirata

- Imagem: Bandeira Pirata - Domínio Público






Mídia Alternativa independente sem fins lucrativos e sem recursos financeiros - Terras Altas dos  Apukás - Apucarana - Paraná - Brasil

RSS Feed
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2016 / 2020 - Todos os direitos reservados  -  "OS ARGONAUTAS"