PAULO KALVO 24/06/2019

June 24, 2019

 

 

Em mais um capítulo do vazamento da Lava Jato, The Intercept Brasil publicou novos trechos de conversas de Moro com a força tarefa da operação. Neste diálogo, a corrupção do governo Fernando Henrique Cardoso, PSDB, e seu instituto, são completamente ignoradas para não "melindrar" o político.

 

As suspeitas de que a operação é partidária, política e seletiva, tornam-se verdadeiras. Nunca foi uma luta contra a corrupção endemica no país. Durante toda a sua história, a Lava Jato sempre blindou o PSDB, e se revelou um projeto de poder pessoal do atual ministro. No primeiro momento dos vazamentos, Moro não negou as conversas e disse não ver problema em sua postura. A medida que as denúncias mostram-se mais graves, ataca o vazamento, não o conteúdo.

 

Vemos um verdadeiro conluio à margem da Constituição e das leis. Destacam-se objetivos partidários, ideológicos e políticos que expõem as vísceras do que se pensava ser um Estado Democrático de Direito. Uma farsa em que não há lei para todos quando os interesses são costurados nos subterrâneos da justiça.

 

Charge e texto disponibilizada pelo artista Paulo Kalvo, agradecemos pela cortesia e gentileza.

Conheça mais o excelente trabalho do artista  Paulo Kalvo

 

____________________________________________________________________________________________________

Fonte:

- Facebook Paulo Kalvo
- Instagram Paulo Kalvo

- Arte: Paulo Kalvo

- Texto: Paulo Kalvo

 

Please reload